ARTIGO: Pauta recorrente nas organizações, a igualdade de gênero é uma necessidade, não um “nice to have”

Por Andrea Oliveira Diretora Executiva de RH LATAM da Sumitomo Chemical e conselheira da WILL

Muito se fala do quanto vozes e perspectivas diferentes trazem mais criatividade, inovação e melhores respostas a temas essenciais, além de relatórios também apontarem que a presença de mulheres em cargos de liderança aumenta os resultados financeiros das empresas. Evidências tantas que reiteram a importância do ODS 5 – “alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.

Para contribuir nesta caminhada, nós da Sumitomo Chemical, somos signatários do Pacto Global, uma chamada para que empresas alinhem suas estratégias e operações aos 10 princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção, e desenvolvam ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.


O gênero, definitivamente, não pode ser um fator limitante nas nossas vidas. Liberdade de escolha, direitos e deveres iguais são prioritários na construção de uma sociedade mais pacífica e sustentável.

Com diversas iniciativas neste sentido, o ODS 5 é um de nossos focos, haja visto nossa matriz de materialidade, que aponta Diversidade e Inclusão como criação de valor futuro para nossa organização.

Na Sumitomo Chemical Latin America, com 25% do nosso quadro ocupado por mulheres, adotamos KPIs para monitorar e incrementar os patamares atuais, um desafio presente no setor de uma de nossas unidades de negócios agro.

Embora seja um mercado ainda majoritariamente masculino, o setor vem aumentando a participação feminina. Nos últimos anos, houve um crescimento do número total de mulheres trabalhando no agronegócio em 8,3%, segundo um estudo realizado pelos pesquisadores do CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da ESALQ/USP.

Como forma de elevar este tema de direitos humanos, a Sumitomo Chemical vem aumentando também os espaços de diálogo sobre o tema igualdade de gênero, com narrativas sobre trabalho e família, ou ainda desafios na carreira da mulher.

Temas como vieses inconscientes, expressões, opiniões e atitudes que favorecem o gênero masculino em detrimento ao feminino vieram à tona, por exemplo, em nosso último encontro, no qual tivemos mais de 300
colaboradores, entre homens e mulheres, incluindo-se o nosso presidente, Juan Ferreira, fortemente comprometido com a promoção da equidade entre homens e mulheres.

Este ano, também participamos ativamente com o #ChosseToChallenge da campanha IWD. Tivemos participação massiva de nossas equipes além de digital influencers no Agro, atingindo cerca de 200 mil pessoas nas redes sociais. Foi um importante convite à consciência e contínua busca por espaço de fala, respeito e igualdade.

Acreditamos firmemente na necessidade de chamar a atenção e ampliar a consciência sobre este tema na sociedade e apostamos na força das alianças e parcerias. Estamos certos de que a parceria com a WILL nos trará novos caminhos e ideias para que objetivo tão nobre e necessário seja alcançado.

Eu, como liderança feminina, procurarei sempre me posicionar como um elemento importante de representatividade, o que é fundamental para inspirar a força e a luta de outras mulheres.

Deixo aqui meu convite: Desafiem constantemente seus preconceitos e suposições, privilegiando o diálogo e respeito nas relações. Somente assim construiremos um mundo melhor para todos e todas nós.

Leave a Reply

Your email address will not be published.